DANCINHA

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Marinha justifica antena em Itapuã


A antena instalada ao lado do Farol de Itapuã, em Viamão - que causou polêmica nas últimas semanas -, tem como objetivo oferecer segurança e orientação aos navegadores que cruzam a ponta do Guaíba em direção à Lagoa dos Patos. Conforme a oficial de Comunicação Social da Marinha, tenente Cátia Sandri, o farol pertence à União e foi entregue à força armada em 1981.

"Nesse período, foi firmado o convênio que dava à comunidade a permissão para utilizar as dependências do farol para atividades culturais, recreativas e de educação ambiental", afirmou Cátia.

Segundo ela, após o fim do convênio, em 2007, o local estava malconservado, sofrendo com o vandalismo e apresentando vestígios de arrombamento. Por isso, o farol voltou a ser guarnecido por militares. "A Marinha reconhece que o Farol de Itapuã é patrimônio histórico da cidade de Viamão, porém ele também tem funções, como a de garantir segurança para os navegantes", disse.

Correio do Povo

Nota do Blog: Porque terminou o convênio em 2007? Porque não foi renovado? Tudo a favor do local ser protegido pelos militares, porém tinham que construir aquele mostrengo logo ali? Está certo que a Lagoa dos Patos é pequena, porém não poderiam ter encontrado um local mais adequado?

Um comentário:

  1. Referente a pergunta acima. O convenio terminou por falta de vontade politica pois um faz e outro vem e destroi. e quanto ao "monstrengo instalado" tecnicamente existe uma posição adequada para instalação e já que o Estado abandonou o "Convênio" como sempre alguém tem que fazer algo e a antena era a unica forma dos milicos se comunicarem com o quartel e aí foi reclamado e nada foi sugerido pois estamos em casa com todo o conforto. é facil criticar.

    ResponderExcluir