DANCINHA

quarta-feira, 13 de julho de 2011

45 dicas para viver mais e melhor


Especialistas de diversas áreas da medicina ensinam pequenos truques para quem busca a longevidade



"Faça isso, não faça aquilo", "Coma isso, não coma aquilo." Não há quem suporte uma rotina com tantas preocupações e proibições. Mas, diariamente, somos alarmados por esse tipo de afirmação, não somente por médicos, mas também de familiares e amigos. Será que vale mesmo a pena seguir a risca todas as recomendações que nos são dadas ou cada um de nós tem uma medida certa para cada tipo de ação? Quais atitudes são realmente importantes para uma pessoa viver mais e melhor? Nós consultamos 45 especialistas de diversas áreas para esclarecer alguns mitos e saber o que pode trazer longevidade.

MENTE E CORPO

1 - "Como qualquer máquina ou músculo, o cérebro precisa de cuidados para funcionar corretamente. E algumas mudanças na rotina podem ajudar a estimulá-lo: use o relógio de pulso no braço direito, ande pela casa de trás para frente, olhe fotos de cabeça para baixo, veja as horas num espelho, faça um novo caminho para ir ao trabalho, decore uma palavra nova por dia."
Carlos Maurício Prado, especialista em Ginástica Cerebral

2 - "Conheça o seu corpo; ele nos avisa com sinais as necessidades importantes, como comer (fome) e dormir (sono). No caso da dor, por exemplo, é um aviso para buscar a sua causa real, portanto nunca ignore a dor ou a suprima com drogas sem procurar a raiz."
Jason Gilbert, quiropraxista do Instituto Internacional de Quiropraxia

3 - "Dedicar alguns minutos da manhã à mente é uma fórmula eficaz para conseguir mais disposição. Ao acordar, tente relaxar, meditar e mentalizar com muita calma o que você vai fazer durante o dia, assim, evita o cansaço mental e físico."
Bokkulla Ramachandra Reddy, especialista em Ayurveda

4 - "Quando estiver doente, procure pensar em outras coisas e se envolva em atividades diferentes. Faça cursos, exercícios e esteja sempre estimulando o cérebro com algo novo. Dessa forma, nos preocupamos menos e sofremos menos."
Manoel Jacobsen, chefe do grupo de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC/FMUSP)

5 - "Pratique exercícios moderados diariamente. Com certeza você ficará mais animado e bem-disposto, além de condicionar o corpo e fortalecer as defesas do organismo."
Eduardo Gomes de Azevedo, geriatra e autor do livro Tudo novo em seu corpo: atividade física.

6 - "Dormir é essencial para restaurar a atividade cerebral. O recomendado para adultos é de seis a oito horas por dia, do sono que chamamos de reparador."
Sérgio Tufik, diretor do Instituto do Sono de São Paulo

PELE, CABELO, UNHAS

7 - "Se você já tentou de tudo para ter cabelos fortes e brilhantes e de nada adiantou, a solução pode estar no seu prato. Invista na couve, no tomate e na cenoura, que possuem vitaminas A e E. As suas unhas também ficarão lindas."
Adriana Vilarinho, membro da Academia Brasileira de Dermatologia (SBD)

8 - "Proteja a pele da exposição solar. Não podemos ficar sem proteção durante todo o dia, independente de ter sol ou não. Por isso, é essencial usar filtro solar adequado a seu tipo de pele, óculos de sol com proteção adequada, bonés e roupas que barrem os raios solares."
Luciana Conrado, dermatologista e conselheira da Sociedade Brasileira de Dermatologia - regional São Paulo (SBD-SP)

9 - "A melhor maneira de tratar o câncer de pele é ficar atento aos sinais para que o diagnóstico seja feito no início da doença. Para isso, examinar a pele e as pintas com frequência é fundamental para detectar alterações, assim como visitar o dermatologista de uma a duas vezes por ano."
Sumaya Neves, membro da SBD

10 - "Se você não gosta do cheiro do protetor solar, peça a sua dermatologista uma fórmula preparada especialmente para você, unindo o seu hidratante diário e a proteção contra os raios ultravioleta."
Denise Steiner, coordenadora do departamento de Cosmiatria da SBD

11 - "Dê preferência aos alimentos antioxidantes, como os oligoelementos (ferro, zinco, cobre, magnésio, selênio etc.), que combatem os radicais livres, o envelhecimento precoce e o desequilíbrio de nutrientes que acarretam diversas doenças em nosso organismo."
Ana Carolina Moron Gigliardi, nutricionista da Universidade de São Paulo (USP)
OSSOS E DENTES

12 - "A melhor posição para dormir é o chamado decúbito lateral, em que a pessoa fica deitada de lado, com os joelhos semiflexionados, mantendo a coxa plana, na mesma altura do quadril."
Eduardo Cadidé, fisioterapeuta pós-graduado em Tráumato-ortopedia

13 - "O travesseiro certo para descansar é aquele nem muito alto, nem muito baixo. Lembre-se de que o pescoço precisa ficar a 90º, sem estar inclinado para cima ou para baixo."
Luiz Pimenta, presidente da Sociedade Mundial da Coluna

14 - "A partir dos 40 anos, as mulheres devem fazer o exame de densitometria óssea, para verificar se não apresentam risco de osteoporose. Faça a primeira vez e repita no ano seguinte para comparar as perdas. Se estiver normal, só é necessário repetir após os 65 anos."
Charlles Heldan, professor doutor visitante da disciplina de Reumatologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

15 - "Cuidar de seus dentes ajuda a prevenir tanto doenças bucais como gastrointestinais e respiratórias. Para isso, basta escová-los bem após as refeições, assim como a língua, e utilizar fio dental."
Oscar Razuk, professor de Estética e Tratamentos Rápidos da Fundação de Apoio à Pesquisa e Estudo na Área de Saúde (Fapes)

16 - "É muito importante realizar um autoexame bucal para verificar se existem feridas, aftas, herpes ou indicativos de doenças na boca, como o câncer. Visitar o dentista a cada seis meses também ajuda a manter a saúde bucal."
Maristela Maia Lobo, doutoranda em Clínica Odontológica da Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

HOMENS E MULHERES

17 - "O momento ideal para fazer a detecção do câncer de próstata é quando o homem não apresenta sintomas. A partir dos 45 anos de idade, é muito importante que ele faça exames clínicos periodicamente, incluindo o de toque, combinado ao exame de PSA no sangue"
Bernardo Xavier, urologista do Instituto Biocor (MG)

18 - "As mulheres devem fazer uma mamografia anual a partir dos 35 anos. Esse é o único exame capaz de detectar o câncer de mama, o mais comum entre elas"
Nilka Fernandes Donadio, ginecologista da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP)

19 - "Sexo seguro. Isso significa utilizar a camisinha, a fim de evitar doenças sexualmente transmissíveis, como a aids. Para as mulheres, vale o uso do anticoncepcional, para impedir uma gravidez indesejada."
Cláudio Basbaum, ginecologista-obstetra

CRIANÇAS

20 - "Cuide dos seus filhos com muito amor e carinho. Crianças com vínculos afetivos fortes com os pais costumam ter a autoestima e autoconfiança maiores".
Moises Chencinski, pediatra

21 - "Acompanhamento médico durante a gestação é essencial. A primeira consulta deve ser feita assim que a mulher suspeitar que está grávida e repetida uma vez ao mês até o sétimo mês. No oitavo, as consultas devem ser quinzenais e, no nono, semanais."
Roberto Cardoso, obstetra da Unifesp

22 - "Amamente seu filho pelo menos até os seis meses de vida. Além de ser o único alimento que o bebê está realmente apto a digerir, o leite materno o ajuda a ter um desenvolvimento correto do ponto de vista nutricional e imunológico, contribuindo para que a criança tenha dentes saudáveis."
Adriana Mazzoni, odontopediatra

VIAS AÉREAS

23 - "A automedicação é um perigo: para prevenir gripes e resfriados, as pessoas tomam remédios por conta própria quando não há necessidade. Basta se alimentar corretamente, ter boas noites de sono e manter a saúde em dia para evitar resfriados fortes."
Rosana Richtmann, infectologista do Instituto Emilio Ribas

24 - "Não fume. O cigarro é o principal causador das doenças das vias áreas superiores, da bronquite crônica, do enfisema pulmonar e do câncer de pulmão. Se a pessoa não consegue parar sozinha, precisa de ajuda e pode frequentar programas em que psicólogos, médicos e assistentes sociais a auxiliam a largar o vício."
Gustavo F. Prado, pneumologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp)

25 - "O ar que respiramos, principalmente em grandes cidades, pode ser, sim, prejudicial à saúde. Por isso, boas medidas seriam incentivar o plantio de árvores nas ruas, manter os veículos regulados e a álcool ou biodiesel e usar transporte coletivo, por exemplo."
Jaqueline Scholz Issa, diretora do Núcleo Antitabagismo do Instituto do Coração (Incor-HC/FMUSP)

26 - "Para evitar alergias, limpe bem a casa e mantenha-a arejada. Evite carpetes, cortinas, bichos de pelúcia e tudo que possa acumular poeira e ácaros, e, acima de tudo, não durma com animais de estimação."
João Ferreira de Mello Júnior, chefe do Grupo de A lergia e Otorrinolaringologia do HC/FMUSP

27 - "É preciso ficar atento à apneia noturna, uma parada respiratória que pode chegar a 10 segundos e interrompe o sono. Geralmente, a pessoa passa o dia inteiro sonolenta e não sabe o motivo. Deve-se investigar"
Geraldo Nunes Vieira Rizzo, neurologista

SISTEMA EXCRETOR

28 - "Consuma pouco sal e evite problemas renais e pressão alta. A maioria dos alimentos contém sódio em sua composição, então, não tempere a comida com excesso desse mineral e prefira as ervas aromáticas e especiarias. Entidades internacionais recomendam apenas de 6 a 8 g de sal por dia."
Paulo Olzon Monteiro da Silva, especialista em Infectologia e Nefrologia, chefe da disciplina de Clínica Médica da Unifesp

29 - "Muitas pessoas têm o hábito de tomar vitamina C por conta própria para evitar gripes e resfriados, porém, para quem tem predisposição a pedras nos rins, esse hábito pode ser um verdadeiro veneno. Isso porque a alta concentração dessa vitamina pode fazer com que um sal chamado oxalato de cálcio forme um cálculo renal." 
Antônio Carlos do Nascimento, endocrinologista membro da Sociedade de Endocrinologia e Metabologia (SBEM)

30 - "Os rins filtram mais sangue quando se bebe bastante água, eliminando mais resíduos tóxicos do organismo, como ureia e ácido úrico. Um adulto saudável deveria ingerir cerca de um litro e meio de água por dia, principalmente no verão. Crianças e idosos devem dar atenção especial a essa recomendação."
Carmen Tzanno, nefrologista e coordenadora do Comitê de Nutrição da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN)

ORELHAS

31 - "Muitas pessoas têm problemas de audição e nem desconfiam. Acabam falando mais alto para compensar a própria perda auditiva. Então, sempre que sentir coceira na orelha, dor, secreção ou diminuição da audição procure fazer o exame auditivo"
Isabela Gomes, fonoaudióloga do Centro Auditivo Telex, no Rio de Janeiro

32 - "Nunca use cotonete, ou outro objeto pontiagudo, para limpar a orelha. Uma das causas mais comuns de otite externa é o traumatismo provocado pela limpeza excessiva. Prefira apenas secá-la com uma toalha limpa"
Renato Roithmann, professor de Otorrinolaringologia da Universidade Luterana do Brasil, e Sady Selaimen, da UFRS

CORAÇÃO

33 - "Evite o estresse e mantenha sua saúde cardiovascular em dia. Para isso, faça exercícios físicos, não guarde rancor ou ódio, alimente sua autoestima, tenha experiências diferentes ao que está acostumado na sua rotina e durma um sono reparador, ou seja, suficiente para descansar e recuperar as energias."
Marcelo Regazzini, cardiologista da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp)

34 - "Fazer exames para medir a quantidade de colesterol (HDL e LDL) no sangue, além de triglicérides, é recomendável a todos os pacientes, independente da faixa etária ou sexo. Nunca é muito cedo para começar a controlar a alimentação."
Antônio Carlos do Nascimento, endocrinologista membro da Sociedade de Endocrinologia e Metabologia (SBEM)

35 - "Peça a seu médico que solicite um hemograma completo para medir a quantidade de glicose no sangue e avaliar se não há alterações que possam levar ao diabetes ou até hipoglicemia, duas doenças que comprometem a qualidade de vida."
Eliano Pellini, endocrinologista do HC/FMUSP

ALIMENTAÇÃO

36 - "Uma alimentação correta pode evitar o aparecimento de diversas doenças. Para isso faça várias refeições ao dia, coma em intervalos regulares, mastigue devagar, consuma doces com moderação, evite gorduras em excesso, principalmente as de origem animal, e ingira uma quantidade adequada de líquidos e fibras."
André Siqueira Matheus, gastroenterologista e pesquisador da USP

37 - "Coma o que tiver vontade. Se quiser brigadeiro, pode ser que precise aumentar a captação de serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar. Se o desejo é comer batatas fritas, pode ser baixa concentração de zinco e triptofano no organismo, que desencadeia um desequilíbrio de insulina e desperta o apetite por carboidratos."
Fernanda Machado Soares, nutricionista membro da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (SBAN)

38 - "Procure fazer do momento da refeição exclusivo, ou seja, evite se alimentar enquanto exerce outra atividade, por exemplo, na frente da televisão ou do computador. Esta atitude é essencial para quem quer ter saúde e não sofrer problemas gástricos."
José Carlos Pareja, professor doutor da Unicamp

39 - "As pessoas costumam tomar antiácidos, como sal de fruta, toda vez que sentem azia ou má digestão. Tudo bem fazer isso de vez em quando, mas o problema é que essa automedicação pode mascarar doenças graves. Se o mal-estar estomacal for frequente, é melhor procurar um médico."
Karine Leão, coordenadora do grupo de Dor do HC/FMUSP

40 - "As mulheres devem evitar ao máximo o álcool, extremamente nocivo a elas que têm menor resistência às doenças do fígado. Por exemplo, aquelas na faixa entre 40 e 50 anos são as que apresentam maior risco de cálculo biliar, as pedras na vesícula."
Eduardo Saad, cardiologista do Instituto Nacional de Cardiologia (INC)

41 - "Consuma entre 20 e 25 g de fibras por dia, encontradas em verduras, frutas, legumes e cereais integrais. Tal hábito ajuda a manter o sistema digestório em bom funcionamento e ainda evitar o câncer de intestino."
Antonio Herbert Lancha Junior, nutricionista do Laboratório de Nutrição e Metabolismo da USP

HORMÔNIOS

42 - "Todas as mulheres com mais de 50 anos deveriam fazer exame para detecção de hipo ou hipertiroidismo, por meio da determinação do hormônio produzido por essa glândula, o T4 livre, e do estimulador da tireoide, o TSH ."
Yolanda Schrank, endocrinologista da DASA, Lâmina Medicina Diagnóstica

43 - "Muitas mulheres ainda reclamam que a pílula anticoncepcional faz engordar, porém hoje existem fórmulas com uma dose muito baixa de hormônio, que não causam o inchaço e o ganho de peso. Converse com seu ginecologista."
Alfonso Massaguer, ginecologista do Hospital São Rafael

44 - "É preciso ficar atento ao diabetes insipidus, doença que pode passar anos sem ser descoberta em adultos. Os sintomas são similares ao do diabetes mellitus, como sede e urinas frequentes e intensas, mas os níveis de glicose no sangue não são alterados."
Hugo Abensur, coordenador do Programa de Diálise Peritoneal do HC/FMUSP

45 - "Pacientes diabéticos não podem abusar de doces, mas também não precisam se privar se tiverem vontade. Se a pessoa mantiver um peso saudável, pode consumir, por exemplo, chocolates com moderação, desde que respeite a quantidade de carboidratos que devem ser ingeridos por refeição."


Reginaldo Albuquerque, endocrinologista membro da Sociedade Brasileira de Diabetes*

Autor: Carol Nogueira
Fonte: Viva Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário