DANCINHA

quarta-feira, 21 de maio de 2008

A CLASSE OPERÁRIA VAI AO PARAÍSO?


BLUE BUS:

Marinho | Brasileiros, enfim. fazem seus planos para o futuro

Apesar da preocupaçao com a inflaçao, da subida dos juros e da altíssima carga tributária, o país continua sua jornada rumo a um novo tempo, especialmente no que diz respeito aos consumidores de classe média e de baixa renda. Prova disso sao os resultados de uma pesquisa feita pelo Ibope Mídia com 19 mil brasileiros de 9 regioes metropolitanas e cidades do interior das regioes Sul e Sudeste, que mostram que o consumidor agora faz planos de médio e longo prazo e se arrisca a assumir dívidas mais longas para concretizar sonhos mais ambiciosos. Para você ter uma idéia, entre os principais planos dos brasileiros para os próximos 12 meses estao comprar uma casa, comprar o primeiro carro, reformar a residência, trocar de emprego e viajar para o exterior pela primeira vez. Vale ressaltar que 47% dos que pretendem comprar uma casa nos próximos 12 meses pertencem a classe C e ainda que 25% sao das classes D e E.

Outro dado importante obtido pela pesquisa do Ibope Mídia é o aumento na intençao de mudança de emprego. Cerca de 10% dos entrevistados disseram que o evento mais importante nas suas vidas nos últimos 12 meses foi exatamente arrumar um novo trabalho. E novamente quem liderou esse movimento foi a classe C – 48% dos que arranjaram um emprego melhor eram desse extrato social. Prova de que isso é um movimento consistente sao os dados divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho, que mostram que o número de empregos com carteira assinada bateu novo recorde nos 4 primeiros meses de 2008. Na comparaçao com o primeiro quadrimestre de 2007, houve um aumento de 21% no emprego formal. E o acumulado de 12 meses registrou crescimento pouco maior que 6%.

Empregos melhores e carteira assinada dao mais confiança ao consumidor e mais garantias ao comércio. O resultado é mais consumo. Em resumo, creio que estamos assistindo a um momento histórico. Afinal, o brasileiro médio está finalmente tendo mais acesso aos itens de conforto com os quais sempre sonhou.

21/05 Luiz Alberto Marinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário