domingo, 10 de janeiro de 2016

O VERÃO DAS CIGARRAS






No início deste verão escutei algumas pessoas, em situações diferentes, reclamarem de um determinado barulho.

Estavam em dúvida se era algum tipo de alarme de automóvel ou de imóvel.

Percebi, então, que várias pessoas que vivem no meu bairro, na zona norte de Porto Alegre, não sabiam o que era uma cigarra.

Tive que explicar:

Cigarra é um inseto.

Elas são reconhecidas pela forma característica e pelo tamanho grande, que varia cerca de 15 milímetros até pouco mais de 65 milímetros de comprimento e atingindo até 10 cm de envergadura. Possuem um "bico" comprido para se alimentar da seiva de árvores e plantas onde normalmente vivem.

O “barulho” que elas emitem, também chamado de “canto da cigarra”, na verdade é utilizado pelos machos para atrair a fêmea. Ele se origina em um compartimento interno da barriga do macho, onde desenvolvem-se os músculos e os elementos destinados a emitir o som. Além disso, ele também “canta” quando é atacado ou capturado por inimigos naturais.

O acasalamento se dá no verão, pois os ovos necessitam de clima quente e úmido para eclodir.

Por que neste ano apareceram tantas cigarras em Porto Alegre?

Não tenho a mínima ideia, porém tendo a relacionar com a desorganização da natureza causada por nós, humanos.

Caso alguém não conheça, sugiro procurar na internet a fábula de Esopo “A Cigarra e a Formiga”, cuja moral é “os preguiçosos colhem o que merecem”.

Omar
Verão de 2015/2016

Um comentário:

  1. Março de 2011, Aline falou sobre a “FORÇA DA NATUREZA e o que está acontecendo Veja! https://www.youtube.com/watch?v=DyBfKecIDnY e nas previsões de 2016 disse muito mais! https://youtu.be/pXR7qFzXVqo

    ResponderExcluir