DANCINHA

domingo, 13 de setembro de 2015

STF PROTEGE FALCATRUAS DA CBF



O Supremo Tribunal Federal segue garantindo o direito à CBF de não apresentar à CPI do futebol a abertura dos contratods de patrocínio.

Os parlamentares já fizeram até agora três requerimentos para ter acesso a documentos de enorme interesse público, como a relação da renda obtida com bilheteria e comercialização de direitos de transmissão dos jogos da Seleção, acordos com patrocinadores desde 2002, relação dos recursos recebidos da CBF em decorrência de acordo com a Fifa referente à organização da Copa do Mundo de 2014.

É por essas e outras que os mesmos dirigentes vêm se mantendo na CBF há anos sem nenhum tipo de problema.

Teve que o FBI, dos EUA, entrar nas investigações para que realmente acontecessem punições.

É inacreditável o poder da CBF em território nacional.

Convenhamos, não poder serem revelados contratos de recursos obtidos com a Seleção Brasileira é uma vergonha.

Nada é mais de interesse público do que a Seleção.

A proibição para investigar os recursos recebidos para a Copa do Mundo, patético.

O dinheiro público rolou direto na organização do evento.

Mas como? A CBF não precisa prestar contas de nada?


por Nando Gross (Correio do Povo, 13 de setembro de 2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário