DANCINHA

sábado, 3 de janeiro de 2015

O GOVERNO DO RS E A FILOSOFIA DO BODE NA SALA




Fonte da Imagem: http://images.fineartamerica.com/images-medium-large/cheeky-goat-poking-out-tongue-rebecca-hamby.jpg

Diz o conto antigo que em uma aldeia distante um "pai de família", João, criador de bodes, procurou o ancião líder do lugar e relatou, solicitando conselhos, que estava tendo muitos e enormes problemas em sua casa: a esposa gastava demais, o filho não estudava suficientemente e a filha somente pensava em namorar.

O ancião ordenou a João que, frente a tantos problemas, pegasse o bode de maior porte de sua criação e o amarrasse na sala da residência familiar por sete dias e, após, o procurasse novamente.

Após os sete dias estipulados, João procura o ancião, conforme o combinado. O ancião então lhe pergunta como está a situação e João desabafa contando que tudo está um caos. É a pior fase da vida da família, pois o bode ocupa todo o espaço da sala, cheira muito mal, defeca e urina no chão. Enfim, a família passa por um momento terrível.

O ancião, então, ordena que o bode seja retirado da sala e que João retorne novamente depois de uma semana.

João, ao retornar, está muito feliz e satisfeito, pois todos aqueles grandes problemas pelos quais a família passava antes da primeira visita ao ancião tinham sumido, ou seja, a esposa até que estava sendo econômica, o filho havia passado de ano na escola e a filha estava de casamento marcado.

Ontem, 02 de janeiro de 2015, o Governo do Estado do RS colocou o bode na sala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário