DANCINHA

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Presidente da Foxconn chama seus mais de um milhão de funcionários de "animais"

Ovelhas se dirigindo ao matadouro.
Terry Gou é o presidente da Hon Hai Precision, a dona da Foxconn. Ele também é um cara bem insensível. Na festa de fim de ano da empresa no Taipei Zoo, ele disse: “eu fico com dor de cabeça em pensar em como gerir um milhão de animais”. QUE ENGRAÇADO CARA!

A Foxconn realmente tem um milhão de funcionários em suas gigantescas fábricas/cidades/guetos, onde eles fabricam 40% de todos os gadgets que temos no mundo, incluindo iPhones, iPads, Xboxes e qualquer coisa da Sony. Segundo uma matéria recente do NYT, essas fábricas também consomem “uma média de três toneladas de carne de porco e 13 toneladas de arroz por dia” para o “um milhão de animais”.

A empresa emitiu uma nota à imprensa pedindo desculpas e argumentou que a fala de Gou foi tirada de contexto pela mídia:
Gou está ciente de que as notícias da imprensa são enganosas e ofensivas e pede desculpas a qualquer pessoa que tenha se sentido ofendida. No entanto, Gou não caluniou de forma deliberada seus funcionários, como alguns veículos descreveram.
Mas peraí, se ele não “caluniou” os funcionários, por que ele pediu desculpas? Ele poderia ter apenas negado o que foi dito pela imprensa, certo? E como sua frase pode ter sido tirada de contexto? UPDATE: Não há “contexto” que salve isso, mas segundo a WantChinaTimes, a declaração foi dada na seguinte situação:
A Hon Hai tem uma força de trabalho de mais de um milhão ao redor do mundo e como seres humanos são animais também, gerenciar um milhão de animais me dá dor-de-cabeça,” disse o CEO da Hon Hai Terry Gou em uma festa de fim de ano recente, acrescentando que ele quer aprender de Chin Shih-chien, diretor do Zoológico de Taipei, sobre como animais devem ser gerenciados.
De todo modo, é bom saber que tipo de visão essas pessoas têm de seus funcionários. [AFP]

Gizmodo

Nenhum comentário:

Postar um comentário