DANCINHA

domingo, 8 de janeiro de 2012

PORTO ALEGRE SEDIA DEBATE SOBRE DITADURAS

 
A edição brasileira do Encuentro Latinoamericano por la Memoria, la Verdad y la Justicia ocorre de 30 de março a 1 de abril, na Assembleia Legislativa gaúcha. O evento reúne ativistas de direitos humanos e autoridades brasileiras e latino-americanas. No Brasil, as discussões devem girar em torno da Comissão da Verdade e da posição do país ante as determinações internacionais para a abertura de arquivos e providências sobre desaparecidos durante a ditadura militar.

O presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos, Jair Krischke, lembra que venceu o prazo dado ao Brasil pela Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) para que cumprisse parte da sentença que condenou o país pelas violações de direitos cometidas na Guerrilha do Araguaia. "O Brasil tinha até o dia 14 para informar o que já havia feito, mas não fez nada."

O evento será o quinto de uma série que começou em março de 2011, na Argentina, e passou por Uruguai e Chile. Na próxima semana, ocorre na Bolívia. Os encontros são realizados sempre em datas próximas às da instalação de ditaduras em cada um dos países.

CP

Um comentário:

  1. Depois do que aconteceu no Chile com os livros escolares é bom mesmo se discutir isso.
    Abraços

    ResponderExcluir