DANCINHA

sexta-feira, 24 de junho de 2011

COM O RABO ENTRE AS PERNAS


Depois que EUA anunciaram cronograma para retirada de tropas do Afeganistão, outros países (Grã-Bretanha, Alemanha, França e Espanha) também anunciaram a retirada parcial ou total de suas tropas.

Essa movimentação toda não se deve a modificação significativa da situação política do Afeganistão, que continua fortemente instável, com os Talibãs ocupando partes do País.

Aparentemente o principal argumento para a retirada dessas tropas é que, de um lado, as forças de ocupação não estavam alcançando resultados importantes. A situação está, durante longo período, praticamente estagnada.

Por outro lado, esses países vivem situações internas, econômicas e políticas, extremamente preocupantes, não podendo mais se dar ao luxo de bancar financeiramente uma guerra cara e que não dá sinais de "avanços" (isso olhando do seu ponto de vista).

Os fabricantes de armas e equipamentos de guerra devem estar já fazendo lobby para que os EUA abram outras frentes de combate mais adequadas ao orçamento financeiro dessa potência imperialista.

As Américas Central e do Sul que se cuidem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário