DANCINHA

quarta-feira, 8 de junho de 2011

CASO AGAPAN: INCOMPETÊNCIA OU MÁ FÉ?

O Prefeito e a Sede da Agapan

Prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, determinou no início da manhã desta terça (07) a abertura de sindicância para apurar as responsabilidades em relação à demolição da sede da Agapan, ocorrida na tarde de segunda (06).

"Esta é uma situação inadmissível, não mediremos esforços para que sejam apurados todos os fatos, tanto no âmbito interno quanto externo, e que os responsáveis sejam punidos", destacou o prefeito, que também solicitou a atuação da Procuradoria Geral do Município no caso. 

Enquanto isso, a Smic esclareceu que o Alvará Provisório fornecido pela secretaria só autoriza o exercício de atividade econômica e não permite nenhum tipo de intervenção física, seja construção ou demolição. 

No caso presente, o ato foi levado a cabo por uma empresa registrada sob o nome Peruzzato & Kindermann Ltda., que antes do Alvará efetivou registro na Junta Comercial do Estado, obteve o CNPJ junto à Receita Federal e para todos esses documentos, cujo procedimento deverá ser investigado, forneceu o endereço da então sede da Agapan. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário