DANCINHA

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Cannabis atua no alívio da ansiedade provocada por trauma


Pesquisa do Laboratório de Psicofarmacologia, da Universidade Federal de Santa Catarina


Pesquisadores do Laboratório de Psicofarmacologia, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), descobriram que o canabidiol, um dos mais de 80 constituintes da Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, pode ajudar pessoas com ansiedade provocada por experiência traumática.

Os estudos foram realizados com animais que receberam um choque moderado nas patas, simulando uma situação traumática. Quando expostos ao ambiente onde aconteceu o trauma, os animais expressam reações como medo, caracterizada por imobilidade ou “congelamento”.

Quanto maior o tempo de congelamento, maior a intensidade do medo provocada pela lembrança. Essa sensação é a mesma experimentada por uma pessoa que, por exemplo, foi assaltada em determinada rua e sente medo ao passar por ela de novo.

O tratamento para essa condição consiste na exposição repetitiva ao ambiente de trauma, para que a pessoa se adapte novamente a ele, processo chamado de condicionamento. "Os principais resultados de nossos estudos demonstraram que o canabidiol facilita esse processo de reaprendizado emocional, tornando a exposição terapêutica muito mais eficiente e com efeitos prolongados", explica Reinaldo Takahashi, autor da pesquisa.

Segundo o pesquisador, o canabidiol poderia ser associado a tratamentos psicológicos, ajudando a atenuar os traumas. A sustância reduziu a ansiedade dos animas durante o processo de condicionamento, funcionando como um ansiolítico.

Autor: Assessoria de Comunicação
Fonte: Bibliomed

Um comentário: