DANCINHA

domingo, 12 de dezembro de 2010

MACRI XENÓFOBO

Quatro morrem após ataque a sem-teto em parque de Buenos Aires

Quatro pessoas morreram enquanto moradores tentavam desalojar na noite desta sexta-feira cerca de mil cidadãos sem-teto, a maioria estrangeiros, que ocupam um enorme parque na zona sul de Buenos Aires. Vizinhos do Parque Indoamericano, a maioria de classe média, atacaram os sem-teto - bolivianos e paraguaios -, queimando dezenas de barracas. O ataque deixou vários feridos, segundo a TV argentina.


Uma das vítima fatais é um jovem de 19 anos que recebeu um tiro na cabeça, informou Alberto Crescenti, diretor do Serviço Médico Metropolitano de Emergência (Same). Entre os mais de dez feridos há vários baleados. Crescenti destacou que os serviços de emergência não conseguem entrar no Parque Indoamericano porque estão "atirando contra as ambulâncias".

Nos últimos três dias, os choques envolvendo os sem-teto já fizeram três mortos, sendo dois bolivianos e um paraguaio. "Não queremos uma favela no parque", gritava um grupo de pessoas, após uma assembleia que decidiu pela expulsão dos sem-teto por conta própria, sem a ajuda da polícia. Outros moradores da região bloquearam avenidas para exigir a retirada dos sem-teto do Parque Indoamericano.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, que anunciou no início da noite a criação do ministério da Segurança, criticou a ação contra os sem-teto. "Não estou disposta a ver a Argentina entrar para o clube de países xenófobos", disse.

Kirchner mirava no prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, que atribuiu os incidentes no Parque Indoamericano, sob sua jurisdição, à "imigração descontrolada" e a "organizações criminosas".

Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário