DANCINHA

terça-feira, 23 de novembro de 2010

UMA SÍNTESE DA ERA BERLUSCONI

 Especialistas advertem para possíveis ameaças à saúde da população<br /><b>Crédito: </b>  roberto salomone / afp / cp
Crédito: roberto salomone / afp / cp

Lixo volta a se acumular em Nápoles

Nápoles - Especialistas em saúde estão alertando para os possíveis riscos decorrentes da nova crise do lixo em Nápoles, Itália, onde pilhas de detritos voltaram a se acumular nas ruas. Maria Trassi, da Universidade Federico II, de Nápoles, disse, ontem, que há o risco de doenças se disseminarem por causa dos ratos e insetos. O lixo não é recolhido em Nápoles há mais de uma semana. Já são 2,9 toneladas.

Uma equipe da União Europeia está na região para avaliar a situação. A persistente crise do lixo em Nápoles e nas cidades vizinhas é o resultado de corrupção, parco gerenciamento e infiltração da máfia local no sistema de coleta dos resíduos. Desde 2008, o primeiro-ministro da Itália, Sílvio Berlusconi, promete resolver o problema.

Fonte: Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário