DANCINHA

sábado, 21 de agosto de 2010

Suspeita de crime eleitoral leva a busca e apreensão no Centro de Porto Alegre

Visite HUPPER, O SÁTIRO:

Eleitores estavam sendo convidados a assistir vídeos negativos sobre a história de vida de Dilma Roussef

O Ministério Público Eleitoral (MPE) realizou, hoje, uma operação de busca e apreensão em um escritório no Centro de Porto Alegre onde ocorria suposto crime eleitoral com possível compra de votos. O esquema, segundo o MP apurou, envolvia o convencimento de eleitores, que estavam sendo convidados a assistir vídeos negativos sobre a história de vida da candidata à Presidência pelo PT, Dilma Roussef.

Após responder a um questionário, os eleitores recebiam como presente uma caixa de bombons. Os eleitores, que eram abordados na rua e convidados a subir até o 6º andar de um prédio na Andradas, assistiam a seis vídeos respondendo algumas perguntas no final de cada programa. Na saída do escritório, recebiam um pedido de reflexão sobre o que haviam visto, e para considerarem a hipótese de votar no candidato José Serra, do PSDB.

A investigação do MPE começou no início desta semana, após denúncia feita pela funciónária pública, Bruno Quadros. A reportagem completa pode ser conferida, neste sábado, no Correio do Povo.

Fonte: Mylene Oliveira / Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário