DANCINHA

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A choradeira do PIG contra Brasil Econ, O Dia, iG e Terra


Na Folha, sob o título "Mídia defende limite a capital estrangeiro":

Jornais e TVs recorreram à Procuradoria para pedir medidas contra possível controle de órgãos de comunicação por empresas de fora do país. ANJ e Abert acusam iG, Terra e grupo Ongoing de violar regra que limita capital externo a 30%; iG nega e demais não se manifestam.

Na capa do "Globo", "Grupos de mídia na mira de associações":

As associações Brasileira das Emissoras de Rádio e TV (Abert) e Nacional dos Jornais (ANJ) entraram com duas representações junto à Procuradoria Geral da República pedindo que o Ministério Público investigue se a Empresa Jornalística Econômico S.A. -que, de origem portuguesa, edita o jornal "Brasil Econômico" e comprou os impressos do grupo "O Dia"- e a Terra Networks S.A. -que, de origem espanhola, controla o site Terra- estão infringindo o artigo 222 da Constituição. Este impõe restrições ao capital estrangeiro no controle de meios de comunicação.

Olhe também o que saiu no Jornal Nacional e no Jornal da Globo AQUI.

Visite, ainda, o Blue Bus.

Nota do Blog: A "grande" mídia brasileira, também conhecida como Partido da Imprensa Golpista - PIG, defensora da globalização, quando esta lhe é favorável, parece apavorada com a concorrência. Por que será?

Nenhum comentário:

Postar um comentário