DANCINHA

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

NA CONTRA-MÃO DA HISTÓRIA


Cadeia do plástico defende sacola

São Paulo — Os elos da cadeia do plástico estão unidos em defesa do uso consciente das sacolas plásticas. A partir de ação publicitária criada pela agência W/, fabricantes, varejistas, petroquímicas e a Petrobras pretendem fazer frente a campanhas que pregam o fim das sacolas plásticas em supermercados.
Com orçamento estimado em R$ 7 milhões, a iniciativa abrange veiculações em TV, jornais, revistas e Internet. Buscando impacto de grande abrangência, a campanha, com duração de dez meses, começa a ser veiculada na TV aberta ainda nesta semana. 'Vamos mostrar que as sacolas têm papel fundamental no cotidiano das pessoas e que o problema está no descarte incorreto e na coleta insuficiente', adianta o presidente do Instituto Plastivida, Francisco de Assis Esmeraldo.

Correio do Povo, somente para assinantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário