DANCINHA

sábado, 20 de junho de 2009

Inverno começa domingo anunciando frio intenso

Geada em Caxias do Sul:

CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SÁBADO, 20 DE JUNHO DE 2009

As baixas temperaturas enfrentadas pelos gaúchos nas últimas semanas são uma prévia do inverno que começará neste domingo. A entrada da nova estação será às 2h45min de domingo, acompanhada do solstício do inverno no Hemisfério Sul, quando ocorre a noite mais longa do ano. Ao contrário do clima ameno dos últimos anos, a estação volta a ser rigorosa e poderá ter recordes nos termômetros. A estação já mostra sua cara na segunda-feira, com a chegada de uma frente de ar polar da Argentina.
Segundo a MetSul Meteorologia, serão muitos os dias de frio em julho, agosto e setembro. Desta vez, com pouco descanso para as roupas pesadas. O clima será severo e constante, caracterizado pelos longos períodos ininterruptos de frio, como os registrados no Estado desde o final de maio. A incidência de nevoeiros e ciclones extratropicais também deverá ser maior este ano.
As previsões mostram que os gaúchos devem se preparar para uma variabilidade acentuada nos termômetros. As mudanças bruscas poderão ocorrer em três dias, substituindo o calor e trazendo muito frio, geadas e até a sempre aguardada neve. A ocorrência desse tipo de fenômeno irá ainda facilitar a formação de tempestades e tornados.
Mas a previsão consegue agradar, ao menos um pouco, aos saudosos do verão. 'As pessoas não devem se surpreender com dias de temperatura elevada no inverno porque é normal e faz parte do nosso ritmo climático', explicou o diretor-geral da MetSul, Eugenio Hackbart.
Para a agricultura e as regiões que enfrentam dificuldades no abastecimento de água, a boa notícia é o retorno da normalidade das chuvas. 'Entraremos em um período de transição do La Niña, com retorno das precipitações para os padrões normais', avisou o meteorologista do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe) Christopher Cunningham.
Antes de a sensação térmica baixar, os gaúchos poderão se despedir do outono com um final de semana de calor. Uma exceção em um mês de junho cotado para entrar na lista dos mais frios dos últimos 30 anos e o mais rigoroso da última década. 'É senso comum tratar junho como outono, mas o mês tem médias climatológicas de temperatura quase idênticas às observadas em julho, que é o mais frio', observa Luiz Fernando Nachtigall, da MetSul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário