DANCINHA

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Super Cavalo de Tróia?


Na segunda-feira, a empresa Google lançou em escala mundial a versão provisória de seu novo browser. Louvado como veloz e descomplicado, além de gratuito, o Chrome promete dores de cabeça para os que se ocupam de questões de privacidade.

O temor básico é, obviamente, o da concentração de todos os dados do tráfego pela internet nas mãos de uma única megaoperadora. Christian Krause, da Central Independente de Proteção de Dados do Estado de Schleswig-Holstein, alerta que, já na instalação, o programa gera um número de identificação.

De acordo com a Google, este serviria apenas à atualização do aplicativo. Entretanto a cada vez que o computador é ligado, ocorre a busca por updates e o número é transferido à empresa. Assim, teoricamente, o usuário poderia ser identificado a qualquer momento.

Falhas de segurança

O jornal Neue Rhein Zeitung comentou: "Concorrência é bom porque monopólios são algo de ruim", referindo-se à frente que o navegador da Google opõe ao gigante Microsoft. "Quem não se importa com a propaganda, não terá restrições. Contudo o Chrome é o produto de um vampiro de dados, que aos poucos muta em cérebro da humanidade. O que não se pode 'googlar', quase não existe [...] Uma realidade manipulada."

Contribuindo para o clima de desconfiança em torno do novo browser, os primeiros testes revelaram falhas de programação. Daniel Bachfeld, especialista em informática da editora Heise, aconselha cautela aos que gostam de experimentar. Na atual versão, o Chrome seria "um risco para a segurança", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário