sábado, 12 de julho de 2008

Surrealismo tem novo museu em Berlim


Marcio Damasceno
De Berlim para a BBC Brasil

A capital alemã ganha um novo museu, dedicado ao Surrealismo. A nova instituição, chamada Coleção Scharf-Gerstenberg, mostra um acervo de mais de 250 trabalhos de mestres surrealistas e artistas que influenciaram um dos movimentos artísticos mais singulares do século passado.

A casa abre suas portas ao público nesta quinta-feira, 11 de julho, depois de ter sido inaugurada pelo ministro alemão da Cultura, Bernd Neumann.

O local da exposição abrigava até 2005 o Museu Egípcio, e está a uma pequena distância do Palácio de Charlottenburg -- antiga residência de monarcas alemães, uma das maiores atrações turísticas do lado ocidental de Berlim. O edifício foi reformado e ampliado a um custo de 10 milhões de euros.

O acervo do museu é baseado em uma coleção privada cedida à capital alemã em regime de empréstimo permanente. A exibição principal, intitulada "Mundos Surrealistas", traz pinturas, gráficos, desenhos e esculturas de autores surrealistas famosos, como Salvador Dalí, René Magritte e Max Ernst.

Ela ilustra, através das artes plásticas, a história e as teorias do movimento fundado pelo intelectual francês André Breton em 1924, com seu Manifesto Surrealista. O estilo privilegia temas abstratos, fantásticos ou ligados aos abismos do inconsciente.

O programa inclui também uma série de filmes, incluindo clássicos como O Cão Andaluz, de Luís Buñuel e Salvador Dalí, assim como películas contemporâneas de cunho surrealista. O novo museu abrigará, ainda, em futuro próximo, mostras temporárias paralelas sobre temas ligados ao Surrealismo.

Um comentário:

  1. http://heliopaz.wordpress.com/2008/07/13/sabado-dia-20-10h-no-brique/

    ResponderExcluir